Buscar

Doença da mulher: Conheça as mais comuns e saiba como se prevenir




Você já parou para perguntar sobre as doenças da mulher mais comuns? Desenvolver hábitos saudáveis ​​e fazer exames preventivos são essenciais para todos, mas existem problemas recorrentes entre as mulheres que exigem mais atenção.


Nesse caso, conhecer essas doenças é muito importante para preveni-las. Sendo assim, se torna possível tomar algumas medidas preventivas para evitar o surgimento desses problemas, ou pelo menos identificá-los com antecedência.


Quer saber mais sobre esse assunto? Continue lendo este artigo para aprender sobre as doenças femininas mais comuns!


Endometriose

Na endometriose, é possível detectar a presença do endométrio na cavidade uterina, como nas trompas, ovários, intestinos ou bexiga. Este é o tecido que reveste o interior do útero e é expelido durante a menstruação.


O motivo de sua mudança para outros órgãos não é claro, mas há sinais de comportamento genético, o que significa que quando a mãe ou irmã do paciente tem um problema, o risco é maior. Dentre os principais sintomas, podemos citar:

  • cólicas fortes durante a menstruação.

  • durante a dor pré-menstrual ou durante a relação sexual;

  • fadiga crônica;

  • menstruação irregular ou sangramento intenso;

  • dificuldade na gravidez ou infertilidade;

  • alterações na urina e no intestino durante a menstruação.

Pode ser tratada com medicamentos, como analgésicos e antiinflamatórios, ou pode ser tratada com cirurgia. As indicações dependem da gravidade da condição e, em muitos casos, os dois métodos são usados ​​em combinação para fornecer os melhores resultados.


SOP (Síndrome dos Ovários Policísticos)

Essa síndrome causa alterações nos níveis hormonais, resultando em cistos nos ovários, tornando-os maiores. Os principais sintomas são menstruação irregular e alta produção de testosterona. Além da presença de microcistos, também produz pelos na face, tórax e abdômen. Também é comum que as mulheres tenham acne e obesidade.


Não é possível determinar a causa do problema, mas a principal hipótese é que ele tenha origem genética e esteja relacionado à ação da insulina no organismo.


O diagnóstico e o tratamento são essenciais porque a doença, além de ser causa comum de infertilidade, também aumenta o risco de diabetes, doenças cardiovasculares e câncer endometrial.


O tratamento varia dependendo da condição, mas pode incluir o uso de anticoncepcionais, dieta, atividade física, indução da ovulação, uso de medicamentos para diabetes ou cirurgia.


Câncer de mama

Depois do câncer de pele, o câncer de mama é a doença mais comum entre as mulheres. A maioria dos casos é assintomática, portanto, além da mamografia e da ultrassonografia mamária, o principal método de detecção da doença é a verificação de nódulos por meio do autoexame.


No entanto, devido à doença, outros sintomas também podem ocorrer, como secreção do mamilo, alterações na pele da mama ou nódulos axilares. O tratamento geralmente inclui cirurgia para remover nódulos e depende do diagnóstico, quimioterapia e/ou radioterapia.


Nesses casos, o diagnóstico precoce é essencial para aumentar as chances de recuperação completa do paciente e evitar a cirurgia invasiva para o tratamento do câncer

.

Em alguns casos, é impossível prevenir as doenças da mulher, mas o diagnóstico precoce é essencial para o tratamento, a fim de evitar o agravamento da doença ou o desenvolvimento de outros problemas de saúde. Entre eles, estão fazer exames ginecológicos periodicamente, realizar os demais exames de rotina e cultivar hábitos saudáveis.


Agora que você sabe quais são as doenças da mulher e como se prevenir, conheça o Check-Up Pacote Mulher do CLAB Laboratório e agende já seus exames!

0 visualização0 comentário