Buscar

Descubra tudo sobre os tipos de exame PCR e como realizá-los.

Atualizado: Jul 15




Identificada em 31 de dezembro de 2019 após registros de casos na China, a doença denominada COVID-19 teve origem do coronavírus SARS-CoV-2, grupo de vírus causadores de infecções respiratórias. As manifestações clínicas da COVID-19 transitam entre infecções assintomáticas e complicações respiratórias graves.


Atualmente, para detectar covid-19, existem alguns tipos de exame, dentre eles o mais conhecido, o RT-PCR, além do antígeno, anticorpos e IgM/IgG. No entanto, para maximizar a confiabilidade dos resultados, fazer o teste por si só não é suficiente. Você precisa saber qual o tipo de exame mais adequado, de acordo com os sintomas, a hora correta e em que circunstâncias fazê-los.


Continue acompanhando este artigo e entenda a principal diferença entre esses testes e quando realizá-los!


RT-PCR

A RT-PCR (Reverse Transcriptase Polymerase Chain Reaction) é considerada o padrão ouro para o diagnóstico de COVID-19, sua confirmação é obtida pela detecção e análise do RNA SARS-CoV-2 em amostras, preferencialmente por raspagem da nasofaringe, podendo também ser realizado através de coleta salivar, no caso de crianças.

Passo a passo de RT-PCR:

  • transformar RNA viral em DNA;

  • amplificação do DNA;

  • se a amostra contiver material genético de SARS-CoV-2, uma sonda detectará sua presença e enviará um sinal, que será captado pelo dispositivo e convertido em resultado positivo;

  • se o resultado for positivo, confirma-se a suspeita de COVID-19.

Se o indivíduo apresentar sintomas, a coleta deve ser feita, preferencialmente, a partir do 3º dia até o 7º dia dos sintomas. Isso porque a quantidade de RNA tende a diminuir ao final desse período. Caso não apresente sintomas, o exame pode ser realizado até o 14º dia de contato com alguém sabidamente positivo.


Em outras palavras, o teste RT-PCR pode identificar o vírus durante o período em que está ativo no organismo, para que sejam aplicadas condutas médicas adequadas: internação, isolamento social ou outros procedimentos relacionados ao caso. Também existe a versão do exame RT-PCR urgente que, como o próprio nome sugere, tem um prazo reduzido em comparação com o exame comum.


Antígeno

Os testes de antígenos podem detectar proteínas na fase ativa da infecção, ou seja, auxiliam no diagnóstico ainda no início da doença. A vantagem desses testes é que, além de serem mais acessíveis, os resultados saem rapidamente e, assim, é possível tomar as medidas de cuidado com mais rapidez.


Em comparação com o RT-PCT, por exemplo, a taxa de precisão do exame antígeno chega a 90%. Não obstante, é possível realizar o exames de antígeno e gripe em um só, o qual consegue fazer o diagnóstico simultâneo da COVID-19 e Influenza.


Além da coleta nasal, esse exame também pode ser realizado via coleta salivar, mais um vez, indicado para os testes em crianças. As orientações com relação ao período ideal para a realização dos exames, de acordo com os sintomas, são as mesmas do RT-PCR.


Exames sorológicos

A sorologia examina a resposta imunológica do corpo aos vírus. Isso é feito testando anticorpos IgA, IgM e IgG em pessoas que foram expostas ao SARS-CoV-2. Logo, a realização desse exame não é indicada nos casos em que o indivíduo apresenta sintomas da doença.


No indivíduo sem sintomas, portanto, é recomendável realizá-lo pelo menos 14 dias após o contato com alguém sabidamente positivo. A realização de testes sorológicos fora do período de tempo especificado pode resultar em resultados falsos negativos.


O exame IgM/IgG é realizado a partir da amostra de sangue do paciente e quantifica os anticorpos, e o seu resultado leva em média 2 dias úteis para ficar pronto. Por sua vez, a sua versão do teste rápido é a mais indicada para triagens em massa.


Além dessas, existem as versões dos exames de anticorpos totais e anticorpos neutralizantes, que podem identificar a resposta imunológica do corpo aos vírus, e ambas também são realizadas via coleta de sangue. O exame de anticorpos totais possui uma maior sensibilidade do que o teste rápido e o seu resultado leva em torno de 3 dias úteis para ficar pronto. Já o exame de anticorpos neutralizantes deve ser realizado 20 dias após a infecção ou da segunda dose da vacina.


Entendeu como funcionam os tipos de exame PCR, antígeno, anticorpos e IgM/IgG? Veja agora como agendar seu teste de detecção para COVID-19 com facilidade e agilidade!


49 visualizações0 comentário